Scarlett Johansson expressou uma objeção à maneira como seu personagem da Marvel foi retratado em um filme anterior.

Embora Natasha Romanoff/Viúva Negra seja uma Vingadora querida dos fãs há muito tempo e que, finalmente, vai protagonizar seu próprio filme, Johansson sugeriu que a retratação de seu personagem em Homem de Ferro 2, em 2010, errou o alvo.

Em uma entrevista esta semana para o site Collider, Johansson observou que sua personagem evoluiu ao longo dos anos e parte disso foi resultado de sua própria evolução como pessoa e atriz (“10 anos se passaram, coisas aconteceram e eu tenho uma compreensão muito diferente e mais evoluída de mim mesma…como mulher, estou em um lugar diferente na minha vida”).

Em seguida, ela notou: “Tudo isso está relacionado ao afastamento da hipersexualização desse personagem e, quero dizer, você olha para Homem de Ferro 2 e, embora seja muito divertido e tenha muitos momentos ótimos nele, o personagem é tão sexualizado, sabe? Ela é realmente tratada como se fosse um pedaço de algo, como uma posse ou uma coisa ou seja lá o que for – como um pedaço de carne, na verdade. E [Tony Stark] até se refere a ela dessa forma em um ponto… ‘Eu quero um pouco’ [diz Tony]… em um momento ele realmente diz que ela é um pedaço de carne e aquela passagem soa como um elogio, talvez. Você sabe o que eu quero dizer? Porque meu pensamento era diferente. Talvez eu até tivesse, sabe, meu próprio valor provavelmente foi medido em comparação com esse tipo de comentário ou, como muitas moças, você assume o seu próprio valor e entende seu próprio valor. Isso está mudando agora. Agora as pessoas, as meninas, estão recebendo uma mensagem muito mais positiva, mas tem sido incrível fazer parte dessa mudança e ser capaz de sair do outro lado e fazer parte dessa velha história, mas também do progresso”.

Em uma cena, uma disfarçada Natasha luta em um ringue de boxe com o assistente/guarda-costas de Tony, Happy (Jon Favreau),  e rapidamente o derrota. Depois, ela pede a impressão digital de Tony em um documento. Enquanto Tony a observa se afastar, ele diz a Pepper Potts (Gwyneth Paltrow) “Eu quero um pouco“, e Pepper responde, “Não“.

O próximo filme de Johansson, Viúva Negra, é uma prequência que se passa após os eventos de Capitão América: Guerra Civil, com Romanoff enfrentando uma conspiração perigosa de seu passado. O projeto está em desenvolvimento desde 2004 e seu lançamento foi adiado repetidamente desde a data de lançamento original de março de 2020 em meio à pandemia de coronavírus.