O novo filme de Tom e Jerry estará chegando aos cinemas em breve. E para aqueles que não conhecem, ou não se lembram dos diversos personagens do desenho, vamos falar um pouco sobre cada um para você se lembra.

Pigeon é uma pomba rapper de Nova York. A personagem apresenta para o público do filme a cidade de Nova York de Tom e Jerry, segundo a visão de um pássaro e com um interlúdio musical crescente. Pigeon é dublado pelo próprio diretor do longa, Tim Story, na versão em inglês do filme.

Spike é um buldogue ranzinza e também o melhor amigo de Ben, o noivo prestes a se casar na cerimônia de luxo no Hotel Royal Gate. Mas nada impedirá Spike de criar o maior rebuliço – ou um tufão – para chegar até Tom, na famosa briga de cão e gato.

Para quem acha que Tom é o único gato em meio a tantos animais da trama, está enganado. O longa possui participação de diversos outros felinos que deixam a aventura mais completa. Sofisticada e sorrateiramente bem-educada, a linda gatinha Frufru chega ao Hotel Royal Gate nos braços da noiva, badalada influencer de mídias sociais prestes a viver o grande evento da alta sociedade. A própria Frufru vai dar uma de influencer felina – com Tom e contra Jerry, ameaçando-o com suas garras afiadas.

Líder da gangue de gatos de beco local, Butch, O Gato Preto, deve ter visto todos os filmes de gângster dos últimos cinco anos, já que ele domina tanto o léxico como as nuances do linguajar típico das brigas de rua. Quando detecta Tom em seu território, reúne sua gangue para expulsá-lo, mas Tom parece ser mais inteligente, e estar sempre um passo à sua frente. Até que eles se encontram novamente na estação de resgate de animais perdidos.

Ninguém diria que Corisco, O Gato Alaranjado, é o mais brilhante do grupo. Conhecido por ser o gato mais ‘tampinha’ da trupe, ele sempre olha para o líder da gangue, Butch, O Gato Preto, pedindo por orientação, mesmo que isso signifique ter que andar apenas sobre as suas patas traseiras. Pequeno em estatura, Topsy, o Gato Grey (Cinza), não faz joguinhos. Desconsiderado por alguns de seus companheiros de gangue, por ser o gato com complexo de Napoleão, isso não o impede de entrar na toca mais próxima e encarar suas presas olho no olho.

É claro que nenhum gato de desenho animado destinado a perseguir para sempre seu rival-mor, o rato, estaria a salvo se não tivesse que consultar a sua própria consciência animada. E por este motivo entram em cena a versão do Anjo de fala mansa de Tom, que prefere soluções humanas para as suas muitas crises de consciência felinas, e a versão do Diabo astuto e travesso, que sempre encoraja Tom a perseguir Jerry utilizando-se de todos os meios possíveis – ou não. Tom os conjura quando confrontado com grandes decisões.

 

Outro personagem presente no longa é o Peixinho Dourado nada feliz em seu aquário sobre a mesa do gerente-geral do Hotel Royal Gate. Ele zomba em silêncio do gerente de eventos, Terence, mas sente uma afinidade instantânea com Kayla, a funcionária temporária trazida para trabalhar no casamento do século.

O roteiro é escrito por Kevin Costello, baseado nos personagens criados por William Hanna e Joseph Barbera. Os produtores executivos são Tim Story, Adam Goodman, Steven Harding, Sam Register, Jesse Ehrman e Allison Abbate. A equipe de bastidores inclui o diretor de fotografia Alan Stewart, o designer de produção James Hambidge, o editor Peter S. Elliot e a figurinista Alison McCosh. A música é composta por Christopher Lennertz.