Marlon Wayans retorna a sua parceria com a Netflix, após produzir “Nu” e “Marlon” pra a plataforma. O ator de As Branquelas, segue fazendo filmes de comédias pastelão e a produção Seis Vezes Confusão, não é nada além disso. Marlon interpreta seis gêmeos neste filme, cada um com sua própria personalidade. Desafiando a parte de maquiagem e produção ao tentar caracterizar cada personagem de sua maneira.

A Netflix mantém seu padrão de desenvolver filmes de atores de comédia como Adam Sandler e Marlon Wayans, e parece tenta repetir a fórmula de The Ridiculous Six. O que soa estranho visto que este filme recebeu várias avaliações ruins da crítica especializada e não caiu na graça do público.

A trama consiste no “Marlon original” que se casou e irá ter um filho com sua esposa. No entanto, seu sogro, sempre repreendeu seu genro devido ao mesmo não ser ligado a sua família. Diante disto, buscando aprovação e apoio do pai de sua esposa, ele vai em busca de pesquisar sobre sua família de sangue, visto que havia passado a maior parte de sua vida no orfanato, sem conhecer suas raízes. Após o inferido, o personagem parte em uma trama sem precedentes, repleta de confusão em busca de ter uma família para o seu neto. Apesar de atiçar a curiosidade de conhecer os irmãos do personagem durante o filme, o roteiro não ajuda a desenvolver o melhor lado de cada irmão.

O filme de Marlon, apesar de usar do carisma e timing do ator, parece ser inteiramente mal produzido e dirigido. Podemos considerar que ele tenta se basear apenas na atuação de Marlon e sua figura na comédia, na qual o ator interpreta 7 dos 8 papéis principais do filme. Apesar da atuação divertir, o roteiro e direção do filme não colaboram. A parte de produção deixa visível em alguns momentos artefatos como as perucas e maquiagem. Enquanto a direção, deixando a desejar em alguns momentos em relação à continuidade e deixando dublês visivelmente expostos nos lugares dos atores. O que acaba por interferir na sensação de entretenimento que o filme tenta trazer.

Cabe citar também que em relação a trilha sonora do filme, não traz algo de positivo a trama, na qual a melhor trilha apenas toca nos créditos da produção. O filme da uma sensação de que vai melhorar conforme a história for se desenvolvendo, porém o que se vê é uma sequência de clichês e plot twists já esperados pelo telespectador. Marlon não conseguiu compensar o filme com seu humor sádico. Percebe-se que o ator tenta dar o melhor de si, apesar de ser limitado na área de atuação.
A Netflix segue por lançar cada vez mais conteúdo para sua plataforma, porém nem todo conteúdo com qualidade. Apesar de alguns bons momentos, o filme decepciona por pecar em erros de pequena complexidade. Por fim, Seis Vezes Confusão é um filme que acaba nem por entreter tamanho as falhas e mal produção do filme.

4.5
Score