Crítica: Game of Thrones 8ª Temporada | Série entrega um final melancólico e que não traz as emoções da obra

Game of Thrones chegou ao fim, mas não da maneira que muitos esperavam

Uma das séries que consagrou o gênero e fez ser comparado aos filmes blockbusters chega ao fim. E por mais que esse final não seja algo que desejamos, devemos lembrar que além disso Game of Thrones nos entregou grandes momentos. E nesses momentos vimos seu legado ser passado adiante, com os grandes investimentos em séries que estão por vir como a do Senhor dos Anéis, Star Wars e muito mais.

A temporada final se encerrou com seis episódios, e esse pode ser a primeira falha. Talvez diminuir os episódios tenha sido uma decisão da HBO para aumentar o orçamento dos episódios. Entretanto caso a temporada possuísse mais dois episódios, poderíamos estar diluindo as informações aos poucos. Desde a temporada passada as coisas estão sendo resolvidas de maneira muito rápido e sem um ínicio, meio e fim.

Os episódios e a produção entretanto estão de parabéns. Por mais que todos tenham reclamado do episódio três, a direção e fotografia dele estavam com uma boa qualidade. A fotografia da maioria dos episódios e direção das cenas realmente surpreende, passando momentos de perigo, alegria e conflito. Nesse quesito a mega produção da HBO acerta, mas erra em outros quesitos.

O enredo é o principal erro dessa temporada, onde vemos que eles esquecem de momentos e pontas passadas, para justificar um fim “surpreendente” para os fãs. Mas a surpresa vem de uma forma que te deixa mais triste do que feliz, sem muitas explicações e sem trazer um peso final. Personagens como Sansa e Arya tiveram seus papéis bem estabelecidos, e outros como Jorah e Theon tiveram seus momentos.

Daenerys e Jon Snow mudaram no decorrer da temporada, masa de uma maneira tão rápida e “fácil” que não sentimos o peso de cada decisão. E além disso o episódio final nos mostra parecer que a decisão final não foi certa e nem conclusiva para a trama. Alguns personagens tiveram seus finais bem determinados,e outros não.

Essa temporada se resume em um grande potencial gasto em lutas gigantescas e uma boa fotografia, sem emoção no enredo ou sequer um final com impacto e coesão. Devemos lembrar dos momentos de Game of Thrones mas esse final deixa um gosto amargo na boca, ou melhor, nos olhos.

Game of Thrones 8ª Temporada
5.1
Game of Thrones 8ª Temporada
Bom
  • Figurinos excelentes
  • Boa fotografia e cenas bem construídas
  • Efeitos especiais bem detalhados
Mal
  • Enredo confuso e sem impacto
  • Personagens se perdem em seu próprio núcleo
  • Momentos sendo resolvidos de maneira muito rápida
  • Encerramento não mostra coesão com o resto da série
  • Personagens
    6.5
  • Fotografia
    8
  • Direção
    7
  • Enredo
    4
Categorias
CriticasDestaqueGame of ThronesHBOSéries | Criticas

Nerd, Otaku, Gamer, Zueiro e tudo que há de bom! O criador do projeto Nerd Zoom, tentando levar os Nerds aonde nenhum fã jamais foi...
Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*

RELACIONADOS