O longa quase empatou com outro filme da Pixar – ‘Soul‘ – durante sua primeira semana de estreia no final de junho.

O último lançamento da Pixar, Luca, impressionou em sua estreia no Disney +, de acordo com as últimas informações da Nielsen, empresa que presta serviços semelhantes ao IBOPE no Brasil.

O filme facilmente liderou a lista dos 10 filmes mais assistidos na semana de 14 a 20 de junho, com cerca de 1,57 bilhão de minutos de exibição.

Isso é o equivalente a cerca de 16,6 milhões de execuções completas do filme, que possui 95 minutos de duração. Isso significa que Luca quase igualou os números a outro título da Pixar, Soul, que se tornou o primeiro longa-metragem a chegar ao topo da classificação geral de streaming semanal da Nielsen quando estreou na semana de Natal de 2020. Soul, com duração de 100 minutos, acumulou cerca de 1,67 bilhão de minutos de visualização, ou quase 16,7 milhões de execuções completas.

Luca ficou em segundo lugar, atrás apenas da série Manifest, na lista geral de todos os lançamentos de streaming, que inclui não só filmes, como também séries de TV, durante a semana de 14 a 20 de junho.

Soul e Luca foram originalmente programados para estrear nos cinemas, mas, graças à pandemia, foram lançados diretamente para streaming nos EUA e em outros países onde a Disney + está disponível. Não havia nenhuma cobrança extra para assistir a nenhum dos títulos.

Paternidade, longa de Kevin Hart (877 milhões de minutos) também se saiu bem em sua estreia na Netflix e ficou em segundo lugar no top 10 de filmes mais vistos, de acordo com a Nielsen. A comédia da Sony estava entre os vários filmes de estúdios adquiridos pela Netflix durante a pandemia.

O filme de terror independente The Devil Below, outra nova oferta da Netflix, ficou em sétimo lugar (146 milhões de minutos).

No geral, o conjunto de filmes da Disney ocupou quatro dos 10 primeiros lugares na parada de filmes. À Soul, juntaram-se Raya e o Último Dragão, Moana – ambos da Disney Animation Studios – e o live-action Cruella, da Disney Studios. (Raya e Cruella estrearam no “Premier Access” da Disney + a um custo adicional de R$ 69,90).

Army of the Dead, de Zack Snyder e Netflix, finalmente saiu da lista dos 10 primeiros em sua quinta semana.

As medições de streaming da Nielsen aferem as exibições realizadas apenas em aparelhos de TV e não incluem os minutos assistidos em computadores ou dispositivos móveis. As medições alcançam apenas o público dos EUA, não de outros países, e as avaliações se restringem apenas aos serviços da Amazon, Disney +, Hulu e Netflix (WarnerMedia não divulga dados de visualização do HBO Max).

Há pouca transparência quando se trata de números de streaming, ao contrário dos faturamentos de bilheteria. Em 11 de julho, a Disney surpreendeu Hollywood – e os proprietários de cinemas – ao anunciar que Viúva Negra arrecadou US$ 60 milhões em sua estreia no “Premier Access” do Disney +. O anúncio elevou a arrecadação total do filme ao valor de US$ 218 milhões.

Os 10 filmes mais assistidos via streaming, de acordo com a Nielsen, na semana de 14 a 20 de junho estão abaixo. Os filmes de streaming recém-lançados são marcados com um asterisco; os títulos com estreia simultânea nos cinemas dos Estados Unidos e no restante do mundo têm dois asteriscos.

1. Luca* (Disney+), 1.57 bilhão
2. Paternidade (2021)* (Netflix), 877 milhões
3. Raya e o Útimo Dragão** (Disney+), 576 milhões
4. Din e o Dragão Genial (Netflix), 530 milhões
5. Home: A Minha Casa (2015) (Netflix), 188 milhões
6. Moana (Disney+), 166 milhões
7. The Devil Below (Netflix), 146 milhões
8. Cruella** (Disney+), 118 milhões
9. The Mitchells vs. the Machines* (Netflix), 116 milhões
10. Trouble (Netflix), 106 milhões

Fonte: Hollywood Reporter