O recente filme lançado pela HBO Max, Nem um Passo em Falso traz Steven Soderbergh de volta aos filmes do gênero Noir. O diretor é conhecido pela famosa franquia de Onze Homens e um Segredo e após um tempo de sua carreira, ele decidiu focar em outros tipos de projeto como Magic Mike de 2012.

O filme traz Curt Goynes (Don Cheadle), Ronald Russo (Benicio Del Toro) e Charley (Kieran Culkin) que são contratados por Doug Jones (Brendan Fraser) para invadir a casa de Matt Wertz (David Harbour) em busca de algo que pode garantir para cada um a chance de fugir dessa vida de crime. A partir disso temos reviravoltas e combates em busca daquilo que pode mudar tudo para os envolvidos e também para os chefões do crime.

O elenco estelar do filme é formado por diversos atores conhecidos do diretor e também por outros nomes que aparecem no decorrer da história. E de fato isso contribui para o filme, onde vemos figuras que nos apegamos e cada uma possui uma peculiaridade diferente. Também é interessante o destaque para Don Cheadle como protagonista que consegue conduzir a trama e ao lado do personagem de Benicio Del Toro, eles formam uma estranha mas divertida parceria.

O filme aborda os anos 50, onde vemos questões raciais sendo abordadas, assim como a mudança dos tempos e em como o próprio mundo do crime está se modificando. Os elementos Noir que estão presentes na história traz uma narrativa que demanda certa atenção para não perder os detalhes, mas que compensa ao fazer uma ambientação que mistura técnicas modernas com um “estilo clássico”.

O roteiro é ágil e entrega diálogos que trazem em certos momentos novas camadas para a história, e também faz com que seja feito um bom embasamento de cada personagem. A fotografia do filme traz o ambiente sujo e cinzento de Detroit e daquele período em que o filme se situa, se encaixando com a proposta do enredo.

Acaba ficando visível que em certos momentos o filme depende totalmente de seu elenco estelar para carregar a narrativa, e que acabamos tendo alguns altos e baixos na história que se encaixam na história, mas acaba perdendo a dinâmica da história. Nem Um Passo em Falso de Steven Soderbergh ao lado do roteirista Ed Solomon entregam uma história Noir repleta de reviravoltas com uma edição dinâmica e o suporte de um elenco veterano em Hollywood.