Resolvi acabar com a minha dúvida e dar uma chance para a nova série: já que tem guerras, casas poderosas, rituais, sangue e muito mistério…

Então, o que dizer de Britannia? Sem spoilers, mas já adianto-vos queridos e queridas, meu coração partiu. Li várias coisas dizendo “a nova GOT” ou “vai agradar quem ama Vikings e Outlander” – pode até ser, mas camaradas, isso é algo bem relativo e não é legal para nenhum dos lados estabelecer comparações tão detalhadas assim, até porquê, cada série tem o seu diferencial.

Vamos lá? Britannia nos envolve com seus lindos cenários de belas paisagens, a fotografia e as cores são envolventes e escolhidas de acordo com cada povo, cada casa e isso fica bem evidente desde as imagens promocionais da série.

A trama é bem produzida, e vai nos contar sobre uma terra de povos selvagens: liderada por mulheres guerreiras frente à invasão do império romano em 43 A.D, que busca a conquista de suas terras – com muito mistério e poder, além de profecias e druidas capazes de tocar o submundo….legal né? Não para por aí.

O elenco conta com a maravilhosa Kelly Reilly na pele da rainha Kerra, e ainda temos a carinha famosa de David Morrissey, o “governador” de The Walking Dead, e outros nomes como Mackenzie Crook, Zoë Wanamaker, Eleanor Worthington-Cox e Nikolaj Lie Kaas.

A série foi originalmente produzida pela Sky em parceria com a Amazon – que já deixou a série na sua plataforma, e o canal FOX Premium 2 anunciou a estréia para 1º de abril, às 21h – então, corre que dá tempo, coleguinha!

Já que gosto e nariz não se discute, eu deixo aqui algumas infos que podem aguçar a sua vontade de desvendar os segredos de Britannia, ótimo passatempo que eu espero que seja renovado! Até mais!

[rwp_box id=”0″]

Compartilhar
Kryptoniana, 25. É série-cinéfila-gamer. Desenhista que começou a tatuar. Ama arte e indie/rock.