Recentemente, a Disney revelou o primeiro trailer do seu live-action de Ursinho Pooh, intitulado Christopher Robin, trazendo a história dos amigos à frente no tempo, e com isto, a aparência do ursinho ficou estranha para muitos dos fãs, causando até mesmo reações bem ruins.

Falando em entrevista para a ET, o diretor do longa, Marc Forster descreveu Christopher Robin como um “filme muito emotivo“, acrescentando que “não há melhor momento para ter um grande abraço de Pooh“. Ele confirmou ainda que as ilustrações de EH Sherpard das histórias originais de Ursinho Pooh do escritor A. A. Milne foram uma grande influência sobre como o Ursinho Pooh e os outros residentes do Bosque iriam se parecer no filme. Mais do que isso, Forster disse que queria que sua aparência refletisse quanto tempo passou desde que Christopher deixou de ser um menino novo:

Foi um processo duradouro para desenvolver Pooh do jeito que eu gostei dele. Eles não são brinquedos novos que compramos em uma prateleira, eles tiveram algum amor neles, algum desgaste. Christopher Robin se divertiu muito com eles como brinquedos, e quando você os vê, eles devem aparentar um pouco de vintage”.

O “desgaste” de Pooh é refletido ainda mais na voz de Jim Cummings, que tem sido a voz do urso amoroso desde 1988. O prolífico ator de voz da Disney tem sido associado com o personagem por tanto tempo que, agora, várias gerações cresceram ouvindo ele, Pooh, em várias formas animadas. Por razões relacionadas, Forster sentiu que Cummings era essencial para trazer o personagem à vida da maneira que ele queria no filme:

Ele viveu esse personagem por mais de 30 anos, então, para ele, esse é, certo tipo, parte de seu ser nesse ponto. Era importante para mim [ter] este elemento nostálgico da voz e da sensação. Foi muito importante.

Dirigido por Marc Forster, Ursinho Pooh estrela McGregor, Hayley Atwell, Chris O’Dowd, Toby Jones, Jim Cummings, Peter Capaldi, Brad Garret, Mark Gatiss e Sophie Okonedo. O filme estreará em 3 de agosto de 2018.