Apocalipse V chegou há algum tempo no catálogo da Netflix trazendo Ian Somerhalder (Diários de um Vampiro) como protagonista. A série pretendia tentar seguir uma fórmula diferente do cultuado gênero de vampiros, e trazer algo mais apegado a realidade e o que aconteceria se descobríssemos vampiros entre nós.

A série  aborda os vampiros como uma nova raça. Ela foca em seu início ao introduzir tudo de uma forma científica (de sua maneira), mostrando todos os detalhes para tentar não deixar nenhuma ponta solta. A série felizmente consegue estabelecer bem a história  com isso.

A abordagem que a série dá aos vampiros não traz muitas novidades ao gênero. Contudo ela consegue trabalhar bem com o que é apresentado. E também consegue abordar assuntos importantes, mesmo com um pouco de dificuldade.

Os protagonistas tem um bom desenvolvimento e um plano de fundo que determina suas motivações. Mas infelizmente a maioria dos secundários acabam sendo personagens monótonos do qual acaba não tendo nenhum apego.

A fotografia por mais escura que seja, consegue entregar algo bom para a série. Entretanto é visível suas limitações, tanto de locações quanto de efeitos especiais. Mas com o passar do tempo isso acaba sendo deixado de lado.

7.5
Score

Pros

  • Criação de um universo coeso e fechado
  • Protagonista consegue transmitir o necessário para você se afeiçoar a ele

Cons

  • Efeitos especiais são restritos devido a limitação de orçamento
  • Personagens secundários sem grande profundidade
Enredo
8
Personagens
7
Fotografia
6.5
Roteiro
8

Final Verdict

Enquanto isso nas atuações temos destaque para Ian que consegue se desapegar de seu estilo deixado em Diários de um Vampiro. E os outros também entregam algo bom e que não te retira da trama. A série como um todo apresenta um universo coeso, e mesmo em suas limitações ela acerta e deixa pontas para o futuro.