Batgirl encontrou seu diretor. Ou melhor, seus diretores.

Adil El Arbi e Bilall Fallah, a dupla por trás do sucesso de 2020 – Bad Boys Para Sempre, fecharam um acordo para dirigir um longa para a Warner Bros. e a DC, centrado em Bárbara Gordon, filha do comissário de polícia de Gotham City James Gordon.

Christina Hodson, que escreveu Bumblebee e que já contribuiu para a Warners escrevendo os roteiros de Aves de Rapina e The Flash, escreveu o roteiro de Batgirl, que está sendo planejado como um lançamento exclusivo para a HBO Max.

Kristin Burr, que está se preparando para o lançamento de Cruella no final deste mês, está produzindo.

Barbara Gordon é a versão mais estabelecida da personagem Batgirl, que foi inicialmente apresentada em 1961 como Betty Kane. Mas o personagem foi reformulado em 1967, quando executivos de televisão quiseram atrair um público feminino para a série de TV Batman, que já estava em sua terceira temporada. Yvonne Craig interpretou a personagem cuja última aparição em live-action foi com Alicia Silverstone no infame longa de Joel Schumacher de 1997, Batman & Robin.

Joss Whedon estava a bordo do projeto como roteirista e diretor desde março de 2017, mas saiu em abril de 2018, dizendo que falhou em construir com uma história.

Com Batgirl, esperamos levar o público a um passeio divertido e ver um lado diferente de Gotham”, disse Burr. “O roteiro de Christina está repleto de alma. Adil e Bilall têm um entusiasmo e uma alegria que são contagiantes, tornando-os os cineastas perfeitos para este Batprojeto. E estou empolgada por fazer parte do universo DC, o que é muito legal”.

El Arbi e Fallah nasceram no Marrocos e estudaram cinema na Bélgica. Eles começaram a carreira fazendo thrillers europeus e dirigiram episódios do drama policial do canala FX, Snowfall, mas chamaram atenção quando dirigiram o terceiro filme da franquia Bad Boys.

Bad Boys Para Sempre teve seu desenvolvimento estagnado por anos e anos, mas a dupla trouxe novos ares, reenergizando uma franquia desgastada. O filme recebeu as melhores críticas entre todos os filmes da série Bad Boys e se tornou o filme americano de maior bilheteria do ano (um período marcado pela pandemia e pelo fechamento dos cinemas).

Após o sucesso de Bad Boys, eles se tornaram co-showrunners da nova série da Marvel, Ms. Marvel, onde também dirigiram os episódios de estréia e o final, cuja filmagem terminou há algumas semanas.

A dupla está atualmente na produção de Rebel, um drama familiar conduzido por música rap e dança, centrado em um menino de 13 anos cuja vida está em uma encruzilhada após a morte de seu pai.

Fonte: Hollywood Reporter

Compartilhar