Adrian Lyne vai dirigir seu primeiro longa desde Infidelidade, de 2002. O diretor pretende filmar no mês de novembro o projeto intitulado Deep Water, com Ana de Armas e Ben Affleck nos papeis principais. A New Regency vai financiar totalmente o filme. Enquanto todas as peças se encaixam, o plano é que o longa passe tenha um acordo de distribuição com a Fox/Disney.

Zack Helm (Mais Estranho que a Ficção) e Sam Levinson (Euforia) adaptaram o romance de Patricia Highsmith, já Garrett Basch e Steven Zaillian estão produzindo com Guymon Casady da Entertainment 360 e Ben Forkner, e Anthony Katagas (12 Anos de Escravidão). Arnon Milchan também está produzindo.

O projeto é um thriller erótico, um gênero ao qual Lyne está acostumado e do qual saíram sucessos de bilheteria como Proposta Indecente, Atração Fatal e Nove Semanas e Meia de Amor. O cineasta há muito tempo demonstra interesse no longa e tentou desnvolvê-lo pela primeira vez em 2013, com a Fox 2000. A New Regency comprou o controle da propriedade no ano passado, e isso dá a eles outro projeto para fazer frente com Ad Astra, dirigido por James Gray e estrelado por Brad Pitt e The Lighthouse, dirigido por Robert Eggers.

Affleck e de Armas estão em negociações para interpretar Vic e Melinda Van Allen, um jovem casal atraente que se revezam nos jogos mentais quando as pessoas ao seu redor começam a aparecer mortas. O casal não se ama, tampouco se divorcia, mas ao menos se permitem terem amantes. A situação se torna confusa e a autora Patricia Highsmith aproveita a oportunidade para expor a fachada superficial da vida suburbana americana.

 

Fonte: Deadline