A revista Variety publicou nesta terça-feira, dia 30, uma relação dos maiores cachês da TV americana (gráfico no final da matéria) e destacou também as dificuldades das produtoras de TV, obrigadas a lidar com orçamentos cada vez mais altos por conta dos cachês cada vez mais alto dos atores.

Há duas décadas atrás, os atros de Friends passaram a embolsar quantias milionárias por episódio na TV americana. Eram os únicos que recebiam a “bagatela”. A série encerrou-se no começo dos anos 2000 e com ela se foi também os altos salários na TV. O cachê do elenco da série era alto até para os padrões atuais. Esta situação passou a ser irrealista durante um tempo, até que no começo da década seguinte, nos anos 2010, a TV passou a ganhar tanto destaque entre o público quanto o cinema, dando popularidade a atores que nunca tinham feito um filme, bem como trazendo nomes já consagrados no cinema para as telinhas. A nova conjuntura, naturalmente, elevou o valor dos salários.

Em meio a tanto conteúdo ofertado – A Variety aponta que atualmente existem cerca de 450 programas em várias plataformas – existe a necessidade de se destacar em meio a multidão, o que leva à necessidade de duas coisas: um bom elenco e rostos conhecidos. Porém, contratar um elenco que junte essas características não sai barato e a enorme oferta de conteúdo cria uma situação na qual é difícil achar alguém disponível.

Tem tanto conteúdo sendo produzido que muitas pessoas, francamente, já estão trabalhando quando estamos escalando“, diz Grace Wu, diretora de casting da emissora NBC. “Não existem muitas pessoas a quem recorrer para papeis principais ou coadjuvantes“.

No entanto, Wu vê as coisas pelo lado positivo e afirma: “Isso abriu oportunidades para pessoas que nunca seriam consideradas antes, o que eu acho melhor e mais empolgante para os nossos programas“. 

Com empresas financeiramente firmes, como Amazon e Apple, querendo entrar no jogo contra concorrentes dispostos a gastar milhões, como é o caso da Netflix, AT&T e Disney, os salários para trabalhos na TV dispararam. Reese Witherspoon e Jennifer Aniston receberão, cada uma, 1.1 milhões de dólares por episódio para protagonizarem uma dramédia na Apple, ainda sem título. Javier Bardem ganhará 1.2 milhões de dólares por episódio para fazer uma minissérie na Amazon sobre o explorador Hernán Cortés. Julia Roberts, por sua vez, receberá 600 mil dólares por cada episódio de “Homecoming”, na Amazon.

E isso não representa a totalidade do que um astro pode receber num programa. Aniston, Witherspoon, Bardem e Roberts estão todos listados como produtores executivos em seus respectivos projetos e cada um receberá um lucro adicional pelo serviço. Rel Howery fará 75 mil dólares por episódio para protagonizar “Rel”, da Fox, mas em adição a isso, receberá também uma compensação como produtor executivo e co-criador. Na próxima temporada de Stranger Things,  a atriz de 14 anos, Millie Bobby Brown vai ganhar mais do que os 350 mil dólares por episódio que a Netflix está disposta a pagar por ela como intérprete; ela também negociou lucros adicionais (mesmo não sendo creditada como produtora). 

Confira abaixo um ranking dos 10 homens e mulheres mais bem pagos da TV americana, seguido de um gráfico em inglês (porém, fácil de entender) com outros nomes conhecidos que a Variety publicou. Curiosidade: Stephen Amell (Arrow) e Grant Gustin (Flash) faturam 125 mil e 100 mil dólares por episódio, respectivamente. Outro detalhe: a reportagem não explica porque o elenco de The Big Bang Theory não faz parte da lista. De qualquer forma, vamos a lista:

Homens mais bem pagos –  valor em dólares por episódio

  1. Javier Bardem (minissérie sobre Hernán Cortez da Amazon, sem título) – 1.2 milhões;
  2. Norman Reedus (The Walking Dead) – 1 milhão;
  3. Steve Carell (Projeto sem título, Apple) – 600 mil;
  4. Sean Penn (The First) e Kevin Hart (TKO) – 500 mil;
  5. Anthony Mackie (Altered Carbon) – 475 mil;
  6. Dwayne Johnson (Titan Games) – 450 mil;
  7. Henry Cavill (The Witcher) e Benício Del Toro (Escape at Dannemora) – 400 mil;
  8. John Goodman (The Conners) – 375 mil;
  9. James Corden (World’s Best) e David Harbour (Stranger Things) – 350 mil;
  10. Joel Kinnaman (Sem Título, Sony) – 325 mil;

Mulheres mais bem pagas –  valor em dólares por episódio

  1. Jennifer Aniston e Reese Witherspoon (Sem Título, Apple) – 1.1 milhões, cada;
  2. Elizabeth Moss (Handmaid’s Tale) – 1 milhão;
  3. Julia Roberts (Homecoming) – 600 mil;
  4. Kelly Clarkson (The Voice) – 560 mil;
  5. Laurie Metcalf e Sarah Gilbert (The Conners) – 375 mil;
  6. Drew Barrymore (The World’s Best), Millie Bobby Brown e Winona Rider (Stranger Things) – 350 mil;
  7. Jessica Biel (Limetown) – 300 mil;
  8. Natalia Dyer (Stranger Things), Candice Bergen (Murphy Brown) Patricia Heaton (New CBS Show) e Elizabeth Olsen (Sorry For Your Loss) – 250 mil;
  9. Sarah Silvermann (I Love You, America) – 225 mil;
  10. Patricia Arquette (Escape at Dannemora) – 200 mil;
Star Salaries

Ajude o Nerd Zoom a continuar seu trabalho comprando dos mais diversos produtos Geeks por AQUI!