CINEMA 2018 I RETROSPECTIVA

Outro ano está chegando ao fim, dessa maneira, chegou a hora de passarmos a limpo o que aconteceu de melhor na sétima arte em 2018. Como diria um amigo...

Outro ano está chegando ao fim, dessa maneira, chegou a hora de passarmos a limpo o que aconteceu de melhor na sétima arte em 2018.

Como diria um amigo meu, “O cinema é uma arte atemporal que não deve ser classificada e analisada por períodos”, ele tem razão, mas não dispensaríamos uma lista, não é mesmo?

Bom, então vamos direto ao ponto.

Janeiro é um mês mundialmente conhecido pela estreia de filmes indicados ao Oscar, isso não foi diferente esse ano. “Viva – A Vida é Uma Festa”, “The Post – A Guerra Secreta”, “O Destino de Uma Nação” e “Me Chame Pelo Seu Nome” aterrissaram nas telonas tupiniquins e dois meses depois já estavam disputando – e ganhando – estatuetas em Los Angeles.

Fevereiro chegou despedaçando corações com “A Forma da Água”, e deixando todo mundo tenso na poltrona com o ótimo “O sacrifício do cervo sagrado”. O mês também foi importante por conta da repercussão dos ganhadores no Festival de Sundance, um dos mais importantes termômetros da temporada. Não podemos esquecer da força e representatividade de Pantera Negra, lançamento que lucrou absurdamente e fez história ao abrir as portas do Universo Cinematográfico Marvel para personagens africanos, dando voz as minorias e definitivamente fazendo justiça.

Março e Abril foram embora num piscar de olhos após a cerimônia de entrega do maior prêmio da Academia, mas não podemos deixar de destacar “Jogador Nº1” – que arrecadou milhões através de seus Easter Eggs baseados na cultura pop – e “Um Lugar Silencioso”, filme que já elogiei anteriormente neste site, por ter criado um ambiente fantástico dentro do gênero de terror. Fora isso, também tivemos “Vingadores – Guerra Infinita”, um verdadeiro furacão de bilheteria.

Os fãs de Star Wars enfrentaram a crítica e se deliciaram com “Solo – Uma História Star Wars”, longa-metragem que viajou através das estrelas, para pousar no dia 24 de Maio, no planeta Terra. “Jurassic Word – Reino Ameaçado” e “Missão: Impossível 6”, estrearam em Junho e Julho respectivamente.

Agosto foi embalado pelas canções de “Mamma Mia – Lá Vamos Nós de Novo” e o mistério sobrenatural de “A Freira”, deu o tom de Setembro.

“Talento todos têm. A diferença está em quem tem algo a dizer”, já dizia o personagem de Bradley Cooper para Lady Gaga, em um determinado momento do longa que arrancou lágrimas dos casais apaixonados no mês de Outubro. Estamos falando de “Nasce uma Estrela”, um dos títulos mais comentados dos últimos tempos.

“Pois nada é para sempre e nós dois sabemos que corações podem mudar”, cantava Axl Rose em “November Rain”. No mês homônimo dessa lendária canção, fomos agraciados com a biografia de alguém que sonhávamos ver dividir o mesmo palco com a banda americana detentora de tal música. Estamos falando de “Bohemian Rhapsody”, tributo ao eterno vocalista do Queen, Freddie Mercury. Outro filmaço.

Dezembro nos trouxe “Aquaman” – que conta com a direção do sempre talentoso, James Wan – e “Bumblebee”, repaginou o universo de Transformers, trazendo um novo fôlego para uma saga já desacreditada entre o grande público.

Outra grata surpresa desse final de temporada foi “Roma”, uma produção da Netflix . A obra escrita, dirigida, fotografada e editada pelo mestre Alfonso Cuarón, é sem dúvidas um dos melhores filmes do ano. O mexicano provou mais uma vez a sua grande capacidade narrativa e nos presenteou com uma jornada extremamente sensível e tocante.

Obviamente eu não montei essa lista de acordo com a qualidade dos títulos, mas foquei no equilíbrio entre  elementos que estiveram presentes na cultura pop e obras interessantíssimas dentro do ponto de vista artístico. Afinal, o cinema é isso, não é mesmo? Diversão e reflexão. Respeito por todos os gostos.

Em 2019 estaremos de volta com o melhor do cinema, aqui no Portal Nerd Zoom.

Categorias
ArtigosDestaqueFilmes | Artigos

Colunista de Cinema: Jornal O Município e Portal Nerd Zoom | Produtor de Vídeos: Media Filmes.

RELACIONADOS