Vídeo adulterado leva Jason Momoa a ser acusado injustamente de assédio

Assessoria do ator já começou a tomar as devidas providências

Nesta semana um vídeo  de poucos segundos circulou entre os usuários brasileiros do twitter e do facebook. Nele o ator Jason Momoa aparecia no Havaí, durante a divulgação de Aquaman, abraçado aos seus dois filhos (Noah e Lola) enquanto assistia a uma homenagem feita para ele. O vídeo deu a entender que o ator acariciou a menina no peito. Lola, então, tira a mão do pai e a coloca no ombro. A filmagem trouxe a indignação de vários usuários, que, como é de praxe na internet, se apressaram a condenar o ator.

No entanto, uma análise mais cuidadosa do vídeo original abaixo mostra que o ator estava apenas acariciando seus dois filhos e, em um momento, Lola tira a mão do pai de seu peito para dizer algo ao ouvido dele. Após os dois se falarem, ela continua abraçada ao pai. Confira abaixo, no instante 1:00:

Um fã-clube do ator no Brasil informou que a assessoria de Momoa já entrou em contato com eles, buscando mais informações sobre o autor original da postagem. Foi informado também que o Facebook será processado para que retire o vídeo imediatamente. O autor da postagem e quem compartilhou também serão responsabilizados judicialmente, quando identificados.

Injúria, Difamação e Calúnia são crimes, com penas que variam de 6 meses a 2 anos de detenção e multa, segundo o Código Penal brasileiro.

Categorias
DestaqueNotícias
Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*

RELACIONADOS