Oscar 2019 | Sindicato de Diretores divulga indicados ao prêmio de melhores da associação. Confira!

Vencedor do DGA Awards será também o provável vencedor do Oscar de melhor diretor

O Sindicato dos Diretores da América, ou Directors Guild of America (DGA), anunciou as nomeações para melhor direção de 2018. A lista deste ano inclui diretores indicados pela primeira vez e uma indicação dupla para Bradley Cooper, que fez sua estréia na direção com o drama musical da Warner Bros, Nasce Uma Estrela, e Spike Lee, que recebe sua primeira indicação ao DGA por Infiltrado na Klan, da Focus Features. Surpreendentemente, além de nunca ter sido indicado DGA Awards, Lee também nunca concorreu ao Oscar. Este ano representa a sua melhor chance de quebrar essa maldição.

A lista, que também inclui Alfonso Cuarón por Roma, Peter Farrelly por Green Book e Adam McKay para Vice, não contém grandes surpresas, mas é especialmente importante, já que o sindicato tem sido um termômetro habitual sobre quem será o vencedor do Oscar. De fato, o vencedor do Oscar só diferiu do vencedor do sindicato apenas sete vezes desde a primeira cerimônia de premiação do DGA, em 1949. Curiosamente, esta lista também coincide exatamente com os indicados ao Globo de Ouro de domingo na categoria de direção, o que talvez indique que as escolhas da HFPA podem ser mais precisas do que as pessoas pensam. Cuarón ganhou o prêmio, mas Green Book, de Farrelly, recebeu o prêmio de Melhor Filme – Comédia ou Musical e liderou o campo de vencedores de filmes com três no total.

Claro, Bohemian Rhapsody levou o outro grande prêmio do Globo, na categoria Melhor Filme – Drama, mas ninguém esperava que seu diretor creditado, Bryan Singer, estivesse entre os indicados ao DGA. Entre aqueles que também foram esnobados pelo sindicato, estão Ryan Coogler por Pantera Negra, Yorgos Lanthimos por A Favorita, Damien Chazelle por o Primeiro Homem, John Krasinski por Um Lugar Silencioso, Jon Chu por Podres de Ricos, Barry Jenkins para Se a Rua Beale Falasse, Rob Marshall por O Retorno de Mary Poppins.

Embora as escolhas do DGA estejam frequentemente em sintonia com as da categoria de direção do Oscar, elas geralmente diferem em pelo menos um dos indicados. Apenas duas vezes neste século o DGA não previu o eventual vencedor do Oscar de direção (em 2002, quando Marshall e Chicago perderam para Roman Polanski e O Pianista, e em 2012, quando Ben Affleck sequer foi indicado para o Oscar de melhor direção por Argo).

Os prêmios serão entregues dia 02 de fevereiro, Los Angeles. Confira a lista dos indicados correspondentes às categorias de cinema:

Melhor direção de longa-metragem

BRADLEY COOPER

Nasce Uma Estrela

(Warner Bros.)

Gerente de produção: Robert J. Dohrmann

Primeiro assistente de direção: Michele “Shelley” Ziegler

Segundo assistente de direção: Xanthus Valan

Segundo Segundo Assistente de Direção: Matthew R. Milan

 

ALFONSO CUARÓN

Roma

(Netflix)

Gerente de Produção: Ana Hernandez

Primeiro assistente de direção: Frederic Henocque Albino

Segundo assistente de direção: Patrick Heyerdahl

Segundo Segundo Diretores Assistentes: Luis Fernando Vásquez, Julián “Chico” Valdés, Arturo Garcia

 

PETER FARRELLY

Green Book

(Universal Pictures)

Gerentes de Produção: Alissa M. Kantrow, John Brister, Franses Simonovich (Unidade de Nova York)

Primeiros Diretores Assistentes: J.B. Rogers, Alejandro Ramia (Unidade de Nova York)

Segundo assistente de diretores: Paul B. Uddo, Jack McKenna (Unidade de Nova York)

Segundo Segundo Assistente de Diretores: Gerson Paz, Jonathan Warren

Gerente de locação: Louis Zuppardi

 

SPIKE LEE

Infiltrado na Klan

(Focus Features)

Gerente de Produção: Marcei A. Brown

Primeiro Assistente de Direção: Mike Ellis

Segundo assistente de direção: Tracey Hinds

Segundo Segundo Diretores Assistentes: Jason Perez, Ann Walker Christina, Anastasia Folorunso

 

ADAM MCKAY

Vice

(Annapurna Pictures)

Gerentes de produção: Julie Hartley, Jeff Waxman

Primeiro Assistente de Direção: Matt Rebenkoff

Segundo assistente de direção: Joann Connolly

Segundo Segundo Assistente de Diretores: Yarden Levo, Dave Vogel (Unidade de Washington D.C.)

 

Melhor diretor estreante

BO BURNHAM

Oitava série

(A24)

Primeiro Assistente de Direção: Dan Taggatz

Segundo assistente de direção: Vic Coram

Segundo Segundo Assistente de Direção: Evelyn Fogleman

 

BRADLEY COOPER

Nasce Uma Estrela

(Warner Bros.)

Gerente de produção: Robert J. Dohrmann

Primeiro assistente de direção: Michele “Shelley” Ziegler

Segundo assistente de direção: Xanthus Valan

Segundo Segundo Assistente de Direção: Matthew R. Milan

 

CARLOS LÓPEZ ESTRADA

Ponto Cego

(Summit Entertainment)

Diretor adjunto: La Mar Stewart

Segundo Segundo Assistente de Direção: Dominic Martin

Segundo Segundo Assistente Adicional: Armin Houshmandi

 

MATTHEW HEINEMAN

A Private War

(Aviron Pictures)

Gerente de produção: Louise Killin

Primeiros diretores assistentes: George Walker, Peter Freeman (Unidade da Jordânia)

Segundo assistente de diretores: Tom Mulberge (unidade do Reino Unido), Tom Browne (unidade da Jordânia)

Segundo Segundo Subdiretor: Tarik Afifi (Unidade da Jordânia)

 

BOOTS RILEY

Sorry to Bother You

(Annapurna Pictures)

Gerente de Produção: Chris Martin

Primeiro assistente de direção: Brian Benson

Segundo assistente de direção: Hilton Jamal Day

Segundo Segundo Assistente de Administração: Sam Purdy, Nick Alvarez

Fonte: Deadline

**O nome “Segundo Segundo Assistente” é correto e se aplica aos profissionais que assumem as tarefas do segundo assistente de direção. Mais comum em produções que têm alguma grana. Confira mais aqui, em inglês.

***Confira também os indicados de premiações de outros sindicatos:

Produtores.

Diretores de Arte.

Editores.

Mixadores de Som.

Categorias
Filmes | NotíciasNotícias
Sem Comentários

Deixe uma Resposta

*

*

RELACIONADOS