O Grinch estreou razoavelmente bem no Brasil, com cerca de 4 milhões de reais arrecadados, mas ainda assim não foi o suficiente para desviar a atenção de Freddie Mercury e companhia, que continuam atraindo os brasileiros ao cinema.

Nos EUA, Bohemian Rapsody também continua em ritmo forte e teve uma queda inferior a 50% entre uma semana e outra, o que mostra o bom boca-a-boca gerado pelo filme. No entanto, ao contrário do Brasil, Bohemian perdeu espaço para o Grinch, que estreou com 66 milhões de dólares, apesar das críticas medianas (55% no Rotten Tomatoes e 50/100 no Metacritic). Um valor excelente para a Universal. Só resta saber se o filme se manterá com a concorrência das semanas seguintes, com as sequências de Animais Fantásticos e Detona Ralph à caminho.

É a terceira vez que o personagem de Dr. Seuss é adaptado para o cinema. A primeira foi em 1966, quando o personagem foi dublado por Boris Karloff (Frankestein) em Quando o Grinch Roubou o Natal. Em 2000, foi lançado um live-action com Jim Carrey no papel principal. Agora em 2018, Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho, Sherlock) dubla o personagem-título. O curioso é que a Universal desenvolveu uma estratégia de marketing com o intuito de atrair jovens adultos além do habitual público – as famílias, que costumam ser o alvo deste tipo de filme. De acordo com o Hollywood Reporter, a estratégia parece ter funcionado de forma razoável, com 15% do público tendo idades entre 18 e 24 anos. 53% do público total era feminino.

Overlord, filme de zumbi ambientado na Segunda Guerra Mundial e produzido por J.J Abrams, não chamou muito a atenção do público, estreando com apenas 10 milhões de dólares apesar das críticas razoavelmente boas (80% no Rotten Tomatoes e 58/100 no Metacritic) e com um custo de produção de 30 milhões de dólares. De acordo com o Box Office Mojo, 69% do público era masculino. Com esse desempenho, certamente vai depender do mercado internacional e também, certamente, não vai poder contar com o Brasil. Por aqui, Overlord estreou com 1.4 milhões de reais, estando na sétima posição, atrás de Nasce Uma Estrela que estreou um mês antes.

Já a outra principal estreia da semana nos EUA é voltada para o público adulto. A Garota na Teia de Aranha, da Sony, custou cerca de 40 milhões de dólares para ser produzido, porém, foi solenemente ignorado pelo público americano, faturando apenas 8 milhões. O filme é uma adaptação do quarto livro da série Millenium, que narram as histórias da hacker Lisbeth Salander, aqui vivida por Clare Foy (The Crown, Primeiro Homem).

Assim como O Grinch, não é a primeira vez que a Salander vai para as telas. Em 2009, foi lançada uma trilogia de filmes na Suécia que adaptava os primeiros 3 livros da série, escritos pelo sueco Stieg Larsson. O sucesso foi enorme e catapultou Noomi Rapace, a Lisbeth da trilogia, para a fama. Em 2012, Hollywood decidiu fazer sua própria adaptação e lançou sua versão de Millenium – O Homem Que Não Amava as Mulheres, com David Fincher na direção e Rooney Mara como Lisbeth Salander. O filme teve uma bilheteria respeitável (não extraordinária), foi indicado a cinco Oscars, incluindo o de melhor filme e melhor atriz para Mara. Venceu um, o de edição. Já o novo filme passa longe de ter o mesmo sucesso entre os críticos (com 44% no Rottent Tomatoes e nota 44/100 no Metacritic), sendo acusado de ser muito genérico e de ter um roteiro preguiçoso. O público americano também não se interessou muito (o filme estreou na sexta posição) e também vai depender do mercado internacional para dar algum lucro a Sony (o que não parece provável). Veja o ranking abaixo:

Top 5 – Bilheterias: EUA – de 09 a 11/11 – Valor em milhões de dólares

  1. O Grinch – 67.5 mi
  2. Bohemian Rapsody – 31.2 mi
  3. Overlord – 10.2 mi
  4. O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos – 10 mi
  5. Nasce Uma Estrela – 8 mi

Top 5 – Bilheterias: Brasil – de 08 a 11/11 – Valor em milhões de reais

  1. Bohemian Rapsody – 7.9 mi
  2. O Grinch – 4.9 mi
  3. O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos – 2.4 mi
  4. Halloween – 1.4 mi
  5. Millenium – A Garota na Teia de Aranha – 1.6 mi

Fonte: Box Office Mojo e Filme B

Ajude o Nerd Zoom a continuar seu trabalho comprando dos mais diversos produtos Geeks por AQUI!